Despertar

sem título, 2020

Mais uma vez a porta se abre para um dia que nasce em pleno verão tropical, cujo desafio é acreditar na caminhada a estabelecer novas possibilidades como emergência da vida humana. Selar o cavalo na sombra implica esperarança de um dia melhor para que a chuva limpe a poeira sem deixar desagradável vestígio ou qualquer impressão de volume.

A vida que se abre para um janeiro que se segue, no cumprimento do tempo que não se esgota porque a regência dos planetas permite avançar sobre a morada da alma, em cada território equacionado pela natureza ampliada com a dinâmica estratégica da cultura. Na medida em que se evanesce a luz do sol, torna-se quente o clima festivo para a jornada dura que continua atropelando as regiões dos trópicos. São riscos, rabiscos, pedaços de desatinos alvoroçados a respeito de lembranças passageiras e apagadas das memórias que se vão brotando sem rumo! Então, levanta e vai…

Sobre Devora Digital

Este blog compreende o projeto de pesquisa "Comunicação, Consumo e Tecnologias Emergentes".
Esse post foi publicado em Blogosfera. Bookmark o link permanente.

Uma resposta para Despertar

  1. paulo celso Silva disse:

    Tristes e calientes trópicos nos quais estamos atados.

Deixe uma observação, crítica ou sugestão

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s